| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Para
Desde: 12/09/2012      Publicadas: 4      Atualização: 13/09/2012

Capa |  Caderno de notícas


 Caderno de notícas
  13/09/2012
  0 comentário(s)


História de São João do Paraíso (Minas Gerais)
São João do Paraíso é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população estimada em 2004 era de 25.456 habitantes. Está localizado ao norte de Minas Gerais na divisa com a Bahia.
Cidade pequena limpa e organizada, é considerada a terra do "doce de marmelo" e maior exportador do óleo de eucalipto que serve de matéria prima para diversos produtos industrializados, também forte na produção de carvão vegetal, o que destina para as siderúrgicas da região de Sete Lagoas e Belo Horizonte.
O município possui muitas tradiçoes culturais: festas juninas onde acontecem levantamento de bandeiras em homenagens a santos, comemorações e apresentações de danças tradicionais. A festa de aniversário da cidade, sempre aguardada pelos residentes de toda região, é comemorada em 1º de janeiro.
O município de São João do Paraíso é ligado por rodovia asfaltada ao município de Taiobeiras (70 km), Ninheira(30 Km) e por rodovia em leito natural aos municípios de Rio Pardo de Minas (70 km) e Vargem Grande do Rio Pardo (aprox. 30 km).
A Delegacia de Polícia de São João do Paraíso é subordinada à 22a. Delegacia Regional de Polícia Civil de Janaúba e o destacamento da Policia Militar responde a Companhia de Taiobeiras e ao Batalhão de Montes Claros.
Na educação a cidade tem crescido em índices favoráveis. No esporte a cidade ainda engatinha, mas em pequenas competições como a COPA Inter TV Grande Minas, copa de times do Norte de Minas onde o time feminino trouxe o troféu para casa.

História

O topônimo originou-se de pequeno rio, o São João (afluente do rio Pardo), que banha a sede municipal; ao iniciar-se o arraial, recebeu ele a denominação de São João da Raposa, pela abundância de raposas nas suas proximidades. Mais tarde, naturalmente em busca de nome mais significativo, foi adotado o de São João do Paraíso, celebrando-se com ele a calma paradisíaca da região. Sabe-se que a região, foi, outrora, habitada por índios Tapuias, e desbravada por volta de 1770 a 1780, quando o Governo da Metrópole determinou que se pusesse côbro ao constante contrabando de ouro e pedras preciosas, que se fazia pelos caminhos outrora percorridos pelas bandeiras que ligaram São Paulo à Bahia, através do território das Gerais.
Quase toda a área do município pertenceu a um só proprietário, o Conde da Ponte, terceiro nome, personagem aparentada com a Casa reinante e latifundiário também na Bahia e em quase todo o norte mineiro.
Uma das maiores fazendas pertencentes ao Conde da Ponte, a de Veredinha, com cerca de 64 léguas quadradas, foi vendida por oitenta cruzeiros a uma velha escrava forra.
Por volta de 1867, o fazendeiro Leolino Borges de Carvalho doou uma sorte de terra para nela se construir o povoado, em torno da igreja então também construída e que ainda hoje existe como Matriz da freguesia. Reuniram-se, então, alguns moradores e se constituíram num Conselho Distrital, Conselho este que adquiriu a um segundo fazendeiro mais terreno para a ampliação do povoado. Em 1891, já o povoado se desenvolvera o suficiente, sendo então elevado à categoria de vila, subordinada à jurisdição de Rio Pardo de Minas, dando-se a emancipação com a competente instalação do município em 1944.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de São João do Paraíso, pela lei estadual nº 2, de 14-09-1891, e anexado ao município de Rio Pardo.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de São João do Paraíso figura no município de Rio Pardo.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Elevado à categoria de município com a denominação de São João do Paraíso, pelo decreto-lei estadual nº 1058, de 31-12-1943, desmembrado de Rio Pardo de Minas (ex-Rio Pardo), alterado pelo referido decreto-lei estadual acima citado. Sede no antigo distrito de São João do Paraíso. Constituído do distrito sede. Não temos a datada de instalação.
No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído do distrito sede.
Pela lei nº 336, de 27-12-1948, é criado o distrito de Vereda do Paraíso (ex-povoado) e anexado ao município de São João do Paraíso.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do de 2 distritos: São João do Paraíso e Vereda do Paraíso.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1988.
Em divisão territorial datada de 1995, o município aparece constituído do distrito sede, pois o distrito de Vereda do Paraíso foi criado e não instalado.
Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.
  Autor:   Luis otavio





Capa |  Caderno de notícas
Busca em

  
4 Notícias